Pólo de Antônio João realiza vacinação para índios com vacinas em aberto

Agora MS - 28/02/2007
A partir da próxima quinta-feira (1o), indígenas com vacinas em aberto receberão uma atenção especial da equipe multidisciplinar de saúde indígena do Pólo-Base de Antônio João. A ação, promovida pela Coordenação Regional da Funasa em Mato Grosso do Sul (Core-MS), será realizada em todas as aldeias atendidas pelo Pólo.

De acordo com o chefe do Pólo-Base, Gildo Galindo Ferreira, "durante sete dias a equipe de saúde do Pólo vai percorrer as aldeias da região em busca daquelas crianças de zero a cinco anos e mulheres em idade fértil que não possuem a carteira de vacinação completa".

A vacinação para os faltosos, como é chamada pela equipe de saúde, vai ser realizada nas aldeias Campestre e Cerro Marangatu, localizadas no município de Antônio João, Kokue-y e Lima Campo que ficam em Ponta Porã e na aldeia Pirakuá localizada em Bela Vista.

As vacinas disponibilizadas para essa ação são as do calendário básico de vacinação indígena, tais como: poliomelite, tetravalente, hepatite B, tríplice viral, dupla adulto, BCG, pneumococo, febre amarela e influenza, rotavírus, varicela e pentavalente.

O Pólo-Base Indígena de Antônio João atende hoje 1.633 índios. Das cinco aldeias atendidas pelo Pólo a maior é a Cerro Marangatu onde vivem 510 indígenas.
PIB:Mato Grosso do Sul

Related Protected Areas:

  • TI Pirakuá
  • TI Ñande Ru Marangatu
  • TI Jata Yvary
  • TI Kokue Y
  •  

    As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.