Nota ABA/CAI Situação dos Guarani Kaiowa e Ñandéva no Mato Grosso do Sul: Ação imediata ou genocídio consentido pelo Estado Brasileiro

Associação Brasileira de Antropologia - ABA - www.abant.org.br - 05/10/2015
A ABA, e sua Comissão de Assuntos Indígenas - CAI, encaminha a Nota Situação dos Guarani Kaiowa e Ñandéva no Mato Grosso do Sul: Ação imediata ou genocídio consentido pelo Estado Brasileiro aos seguintes destinatários: Exmo. Sr. Ricardo Berzoini, Ministro da Secretaria de Governo; Exma. Sra. Nilma Lino Gomes, Ministra do Ministério da Cidadania; Exmo. Sr. José Eduardo Cardozo, Ministro do Ministério da Justiça - MJ; Exmo. Sr. Ricardo Lewandowski, Ministro / Presidente do Supremo Tribunal Federal - STF; Exmo. Sr. Dr. Rodrigo Janot Monteiro de Barros, Procurador Geral da República do Ministério Público Federal - MPF e Exma. Sra. Dra. Deborah Macedo Duprat de Britto Pereira, Coordenadora e Subprocuradora Geral da República do Ministério Público Federal/MPF - 6ª Câmara de Coordenação e Revisão (CCR) - PGR.

Leia aqui o ofício de encaminhamento e a nota na integra.
Leia aqui a nota em inglês e aqui em espanhol.

http://www.portal.abant.org.br/index.php/17-noticias/773-nota-aba-cai-situacao-dos-guarani-kaiowa-e-nandeva-no-mato-grosso-do-sul-acao-imediata-ou-genocidio-consentido-pelo-estado-brasileiro
PIB:Mato Grosso do Sul

Related Protected Areas:

  • TI Bacia Amambaipeguá
  • TI Bacia Iguatemipeguá
  • TI Bacia Nhandeva-Pegua
  • TI Iguatemipeguá I
  •  

    As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.