Acidentes matam motociclistas de 18 e 22 anos em MS

Diário Digital (Campo Grande - MS) - www.diariodigital.com.br - 21/02/2016
Colisões mataram dois motociclistas em estradas de Mato Grosso do Sul neste sábado e domingo, 20 e 21 de fevereiro. As vítimas tinham 18 e 22 anos, conforme os registros policiais.

A vítima mais recente foi Fabiano Emanuel dos Santos, de 22 anos. Ele morreu após colidir com um veículo Fiat/Strada na madrugada deste domingo, dia 21 de fevereiro. O acidente aconteceu na Rua Marechal Floriano Peixoto, no Bairro Paraguai, em Maracaju.

Segundo o Boletim de Ocorrências, o condutor da motocicleta teria invadido a pista de rolamento pela qual vinha o veiculo Fiat/Estrada e causado o acidente. O motociclista chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos e morreu horas depois.

O caso foi registrado como homicídio culposo na direção de veículo automotor na delegacia de polícia de Maracaju.

Outro acidente fatal matou Fabiano Peralta Silva, 18 anos, que morreu ao ser atingido por uma caminhonete, em uma estrada em frente à Aldeia Cerro Y, em Guia Lopes da Laguna. A colisão aconteceu na tarde de sábado, dia 20. Conforme o Boletim de Ocorrências, a vítima conduzia a motocicleta Honda CG 125 FAN Placa: HTL7621 que tinha registro de furto.

Ele morreu no local do acidente. O condutor da caminhonete, por sua vez, chegou a deixar o local para preservar sua integridade física, visto que a vítima é indígena e o acidente aconteceu em frente a uma aldeia. O caso foi registrado como homicídio culposo na direção de veículo automotor e receptação na 1ª Delegacia de Polícia de Jardim.

http://www.diariodigital.com.br/geral/acidentesmatammotociclistasde18e22anosemms/141246/
PIB:Mato Grosso do Sul

Related Protected Areas:

  • TI Bacia Apapegua
  •  

    As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.