PF faz buscas e não acha fazendeiro desaparecido em propriedade na BA

G1 - www.g1.globo.com - 12/08/2014
O delegado da Polícia Federal de Porto Seguro, no sul da Bahia, Eriosvaldo Renovato, disse que o produtor rural Raimundo Domingues Santos, que sumiu e que estaria sendo mantido refém, não foi encontrado nas buscas feitas na Fazenda Brasília, localizada entre as cidades de Itamaraju e Porto Seguro.

Núbia Alves dos Santos, filha do fazendeiro, acusa índios de terem sequestrado o fazendeiro. Segundo Renovato, um vaqueiro que foi mantido refém junto com Eriosvaldo, mas que conseguiu fugir, disse em depoimento que o crime foi cometido por índios da região. "Entretanto não podemos confirmar a informação", destacou o delegado.

Nesta quarta-feira, Renovato irá ouvir duas irmãs do fazendeiro desaparecido. "Uma delas foi a ultima pessoa a ver e conversar com a vítima", acrescentou. Enquanto as testemunhas são ouvidas, as buscas estão suspensas.

De acordo com Núbia, existe um conflito entre indígenas e fazendeiros desde o início do ano por posse de terras na região.

O vaqueiro que acompanhava o fazendeiro informou que cerca de 30 homens armados com revólveres, pistolas e espingardas sequestraram o produtor no último sábado (9).

Em depoimento, o vaqueiro relatou que conseguiu fugir pelo mato e andou 14 km até conseguir ajuda com moradores que o levaram até o município de Itamaraju. Segundo a polícia, o vaqueiro também informou que o local onde ocorreu o crime é uma invasão e não uma reserva indígena.


Relato da família


De acordo com Núbia, o produtor Raimundo Domingues Santos teria recebido um comunicado de um cacique na sexta-feira (8) para buscar animais e pertences que estavam na fazenda ocupada pelos índios. Ao chegar no local, na manhã de sábado, ele foi feito refém.

"Eles estão alocados na propriedade de meu pai e de outros fazendeiros também. Quando ele chegou lá, verificou que estava faltando alguns animais e recebeu a informação que o cacique da tribo queria falar com ele. Foi aí que ele seguiu para a fazenda em que o cacique estava", relatou Núbia.

A filha do produtor informou que ele conversou com o cacique, mas ao sair para ir embora, foi amarrado e agredido pelos índios, que estavam armados. Núbia também acrescenta que o compadre do fazendeiro estava com ele, mas foi liberado pelos índios.
"Não sabemos nada sobre ele. Eles omitem a informação e falam que já o liberou. Que ele já saiu desde sábado. Ele entrou e não saiu lá de dentro.

http://g1.globo.com/bahia/noticia/2014/08/pf-faz-buscas-e-nao-acha-fazendeiro-desaparecido-em-propriedade-na-ba.html
PIB:Leste

Áreas Protegidas Relacionadas

  • TI Barra Velha do Monte Pascoal (reestudo)
  •  

    As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.