Indígenas celebram conquistas no parque do Monte Pascoal

ICMBio - http://www.icmbio.gov.br/ - 31/08/2016
Durante o evento, foram discutidas questões sobre política, meio ambiente e resistência Pataxó


Tribos indígenas do Extremo Sul da Bahia se reuniram, no Parque Nacional e Histórico do Monte Pascoal (BA), no II Kãdawê Nuhatê Pataxó, que significa "festejando a resistência Pataxó". Além de abordar a questão da luta por direitos, o evento, que é realizado anualmente e reúne lideranças de 19 tribos da região, promoveu debates sobre política e meio ambiente.

Um dos objetivos foi informar os jovens e as comunidades sobre os últimos acontecimentos e novidades a respeito dos temas em foco. Em seu discurso, o cacique da Aldeia Pé do Monte, Guarú (significa uma fruta nativa, indicada para combate da diabetes) se disse orgulhoso do parque e ressaltou a responsabilidade dos índios: "Isso aqui é nossa farmácia, nossa mãe", declarou, ao falar sobre a natureza protegida pela unidade de conservação gerida pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

O gestor do parque, Fábio de Souza Kirchpfennig, participou do evento e levantou algumas questões a respeito dos impactos do desmatamento e da importância do meio ambiente preservado para todos, principalmente para quem sobrevive diretamente dele. "Os mais impactados pelo desmatamento são os próprios índios e quem mora nas comunidades rurais", afirmou.

Ele falou também sobre a importância do diálogo e da busca por alternativas sustentáveis e sobre o turismo de base comunitária, que pode ser desenvolvido através de parcerias. Afirmou que apoia os direitos indígenas e que é necessário respeitar esses direitos, mas também respeitar os valores ambientais. "A causa ambiental e indígena não são contraditórias, mas ambas devem admitir que cometem alguns equívocos", declarou o gestor.

Entre as principais reivindicações dos índios estão a Carta Declaratória demarcando a Terra Indígena de Barra Velha e a questão agrária com os fazendeiros.

De acordo com o índio Tohõ Pataxó, um dos organizadores do evento e presidente da Associação dos Guias Indígenas da Aldeia Pé do Monte, o evento serviu para os "parentes", como os membros das aldeias costumam se chamar, celebrar as pequenas conquistas diárias. Ele também deu exemplos de turismo sustentável, sem impactos para o meio ambiente, como o da reserva indígena da Jaqueira, em Porto Seguro.

Participaram também do evento professores da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), da rede estadual de ensino da cidade de Itamaraju e representantes do Conselho Indigenista Misssionário (Cimi), da Secretaria de Assuntos Indígenas de Porto seguro, do Refúgio de Vida Silvestre Rio dos Frades/ICMBio e da Coordenação Regional do ICMBio em Porto Seguro (BA).



http://www.icmbio.gov.br/portal/ultimas-noticias/20-geral/8192-indigenas-celebram-conquistas-no-parque-do-monte-pascoal
UC:Parque

Áreas Protegidas Relacionadas

  • UC Monte Pascoal (Parque Nacional e Histórico)
  • TI Barra Velha do Monte Pascoal (reestudo)
  •  

    As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.