Em menos de um mês três índios são encontrados mortos em MS

Midiamax- http://www.midiamax.com.br - 14/05/2017
O Líder indígena da Kurrussu Amba, Alcindo Fernandes de 56 anos, foi encontrado morto na manhã deste domingo, em Amambai - a 302 quilômetros de Campo Grande. A morte do índio será investigada pela Polícia Civil, e esta já soma o terceiro óbito de índios em menos de 30 dias em Mato Grosso do Sul.

O corpo do líder indígena foi encontrado ao lado de uma edificação, no interior da Aldeia Amambai, onde a vítima tinha familiares. Segundo a Polícia Civil, o corpo de Alcindo Fernandes foi encontrado parcialmente coberto por uma manta de cor vermelha.

Consta no boletim de ocorrência que o corpo de Alcindo apresentava ferimento na região da boca e da orelha direita, mas não era possível afirmar que tais ferimentos teriam provocado a morte do líder guarani-kaiowá.

No último dia 10, o corpo de um homem foi encontrado na Aldeia Jaguapiru, na Reserva Indígena de Dourados, onde são constantes os casos de assassinatos entre os índios. O corpo todo ensanguentado estava em frente de uma casa e foi encontrado pelas crianças que iam para a escola. A vítima tinha sinais de dez perfurações de faca sendo seis nas costas, uma no peito, outra na testa e uma em cada mão.

No local do crime foi encontrada uma bicicleta Poty usada pela vítima, e segundo levantamentos iniciais da polícia houve luta corporal e segundo testemunhas o morto tinha desavenças com várias pessoas na aldeia.

Ezildo Gerônimo, 22 anos, da etnia kaiowá, foi encontrado morto no dia 25 de abril em Dourados, cidade a 233 km da Capital. O corpo do jovem estava em uma vala, próximo ao anel viário da cidade, foi morto a facadas após sair para trabalhar.

Uma das hipóteses da Polícia era de o jovem tinha sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte). Os autores dos crimes não foram encontrados.



http://www.midiamax.com.br/policia/menos-mes-tres-indios-sao-encontrados-mortos-ms-341181
PIB:Mato Grosso do Sul

Áreas Protegidas Relacionadas

  • TI Dourados
  • TI Bacia Iguatemipeguá
  •  

    As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.