Primeira turma do programa Universidade Para Todos é instalada em Aldeia de Porto Seguro

Radar 64 radar64.com - 09/07/2017
A Universidade do Estado da Bahia e a Prefeitura de Porto Seguro, em cerimônia conjunta na tarde desta sexta-feira (07), instalaram a primeira turma indígena do programa Universidade Para Todos (UPT).

A aula inaugural foi realizada na Aldeia Boca da Mata, com a presença do reitor da Uneb, José Bites de Carvalho, a prefeita Cláudia Oliveira, o presidente do Conselho de Caciques, Alfredo Santana, a pró-reitora de Extensão da Uneb, Celeste Castro, e a diretora do Campus XVIII, em Eunápolis, Maria Jacilda Farias Laurindo.

A iniciativa da Secretaria estadual de Educação, para atender as comunidades indígenas, é inédita na Bahia e vai beneficiar, inicialmente, 50 jovens das seguintes aldeias: Boca da Mata, Aldeia de Meio da Mata, Aldeia de Cassiana, Aldeia Tupiniquins e Assentamento São Geraldo.

Todos os caciques dessas comunidades estavam presentes à aula inaugural. A primeira turma da UPT-Indígena terá a participação de seis professores que atuarão de julho a dezembro deste ano.

Em entrevista ao RADAR 64, o reitor José Bites de Carvalho destacou as condições da escola indígena que vai abrigar o programa. "A escola é de excelente qualidade, podendo, inclusive, sediar um Polo de Educação à Distância (EAD). Eu encaminhei esta proposta à prefeita Cláudia Oliveira, de Porto Seguro. Se esta articulação for construída entre a secretaria de Educação de Estado e a prefeitura, a Uneb participará por meio da oferta de cursos de Graduação e de Extensão", salientou.



http://radar64.com/noticia/primeira-turma-do-universidade-para-todos-e-instalada-em-aldeia_36002.html
PIB:Nordeste

Áreas Protegidas Relacionadas

  • TI Barra Velha
  • TI Barra Velha do Monte Pascoal (reestudo)
  •  

    As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.