Terra Indígena Médio Rio Negro II

Área habitada por Arapaso, Baniwa, Baré, Desana, Koripako, Mirity-tapuya, Pira-tapuya, Tariana e Tukano.

9

Povos

1367

População na TI

316 mil

Área (ha)

62

Notícias

Situação jurídica HOMOLOGADA. REG CRI E SPU.
Jurisdição Legal Amazônia Legal
Estados (UF) AM
Presença de isolados? Não
Faixa de fronteira? Sim
Sobreposições 1

Mapa

Municípios

Municípios com incidência nesta Terra Indígena

Municípios - Terra Indígena Médio Rio Negro II

# Estados (UF) Município Área do município (ha) Área da TI no município (ha) Área da TI no município (%)
1 AM Santa Isabel do Rio Negro 6.280.007,90 48.825,72
15,44
2 AM São Gabriel da Cachoeira 10.918.124,00 268.784,75
85,01

Direitos Territoriais

Situação oficial de reconhecimento: HOMOLOGADA. REG CRI E SPU. (Decreto s/n - 15/04/1998)

Descubra qual é o estado de reconhecimento oficial desta terra.

1 - Em Identificação
2 - Com restrição de uso a não índios
3 - Identificada
4 - Declarada
5 - Reservada
6 - Homologada
7 - Registrada no CRI e/ou SPU
100% Concluído

HOMOLOGADA. REG CRI E SPU. por Decreto s/n - 15/04/1998

Histórico jurídico

Fique por dentro do histórico jurídico desta Terra Indígena

Atos Normativos Relacionados - Terra Indígena Médio Rio Negro II

Documento Estágio Número Data Publicação
Portaria DECLARADA. 1.559 13/12/1995 14/12/1995
Decreto HOMOLOGADA. REG CRI E SPU. s/n 14/04/1998 15/04/1998
Portaria HOMOLOGADA. REG CRI E SPU. 1.176 20/11/2000 21/11/2000
Portaria HOMOLOGADA. REG CRI E SPU. 1.135 08/11/2000

Povos e Demografia

De acordo com informações recentes 1367 pessoas vivem nesta TI.

Povos Família linguística Language
Arapaso Tukano Arapaso
Baniwa Aruak Baniwa
Baré Aruak Baré
Desana Tukano Desana
Koripako Aruak Kuripako
Mirity-tapuya Tukano Miriti Tapuia
Pira-tapuya Tukano Pira-Tapuya
Tariana Aruak Tariano
Tukano Tukano Tukano
Ano População na Terra Indígena Fonte
2010 1367 IBGE
2007 1083 Funasa
2003 980 ISA
1996 979 ISA

Ambiente

Fitofisionomia

Tipo de Cobertura Vegetal Cobertura (%)
Campinarana 5,49
Contato Campinarana-Floresta Ombrófila 86,01
Floresta Ombrófila Densa 8,50

Bacias Hidrográficas

Bacia Abrangência (%)
Negro 100,00

Biomas

Bioma Cobertura (%)
Amazônia 100,00

Gestão

Distribuição da presença do Estado através da Funai e Sesai

Fundação Nacional do Índio (FUNAI) Secretaria Especial de Saúde Indígena
Coordenação Regional (CR) Distrito Sanitário Indígena
Rio Negro Abrangência Alto Rio Negro (AM) Abrangência

Agentes

Agente Tipo
Amazon Conservation Team (ACT - Brasil) ONG

Organizações Indígenas

Existem 10 Organizações Indígenas na região

Nome Sigla
Associação da Comunidade Indígena do Rio Preto ACIRP/FOIRN
Associação das Comunidades Indígenas do Baixo Rio Negro ACIBRN/FOIRN
Associação das Comunidades Indígenas do Médio Rio Negro ACIMRN/FOIRN
Associação das Comunidades Indígenas e Ribeirinhas ACIR/FOIRN
Associação Indígena AHKO IWI AHKO IWI
Cooperativa Mista Agroextrativista dos Povos Tradicionais do Médio Rio Negro COMAGEPT
Coordenadoria das Associações Indígenas do Médio e Baixo Rio Negro CAIMBRN/FOIRN
Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro FOIRN
União das Mulheres Artesãs Indígenas do Médio Rio Negro UMAI/FOIRN
Wariró - Casa de Produtos Indígenas do Rio Negro WARIRÓ/FOIRN

Projetos com participação indígena

Existem 2 Projetos na região

Nome Parceria Ano de início Assunto
Amazônia Socioambiental S/N 2018 Geração de Renda
Gestão e Governança de Terras Indígenas nas Bacias do Rio Negro e Xingu PGTA-Fundo Amazônia 2015 Território

Pressões e ameaças

Ameaças ao ambiente e aos povos indígenas vivendo nesta Terra Indígena - Terra Indígena Médio Rio Negro II.

Riscos potenciais e problemas existentes

Category Type
Exploração de Recursos Pescador
Exploração de Recursos Extrativista não-madeireiro

Processos minerários

Existem 9 Processos minerários na região

Número do processo Requerente Substância Área afetada Estágio
880014/2016 S F Paim Me Minério de Ouro 95,17 Requerimento de Pesquisa
880026/2014 Cooperativa dos Garimpeiros da Amazonia Minério de Ouro 295,35 Requerimento de Lavra Garimpeira
880073/1993 FRANK GEORGES GUIMARAES CRUZ Minério de Ouro 81,94 Requerimento de Pesquisa
880089/1993 FRANK GEORGES GUIMARAES CRUZ Minério de Ouro 92,12 Requerimento de Pesquisa
880090/1993 FRANK GEORGES GUIMARAES CRUZ Minério de Ouro 77,20 Requerimento de Pesquisa
880091/1993 FRANK GEORGES GUIMARAES CRUZ Minério de Ouro 84,76 Requerimento de Pesquisa
880093/1993 FRANK GEORGES GUIMARAES CRUZ Minério de Ouro 80,56 Requerimento de Pesquisa
880094/1993 FRANK GEORGES GUIMARAES CRUZ Minério de Ouro 51,07 Requerimento de Pesquisa
880381/2011 Cooperativa dos Garimpeiros da Amazonia Minério de Ouro 652,47 Requerimento de Lavra Garimpeira

Desmatamento na Amazônia Legal

Este tema apresenta a análise do desmatamento feita pelo Projeto Monitoramento da Floresta Amazônica Brasileira por Satélite (PRODES) pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). As análises do PRODES observam a supressão de formações florestais na Amazônia Legal através do corte raso da floresta.


Desmatamento total até o ano 2000: 2926 hectares
Desmatamento total até 2019: 3381 hectares

Focos de Calor

Um foco de calor no gráfico ou em nosso mapa indica a possibilidade de fogo em um elemento de resolução da imagem (pixel), que varia de 1 km x 1 km até 5 km x 4 km. Neste pixel pode haver uma ou várias queimadas distintas, mas a indicação será de um único foco. Se uma queimada for muito extensa, será detectada em alguns pixeis vizinhos, ou seja, vários focos estarão associados a uma única grande queimada.

Sobreposições

Conheça as sobreposições entre a Terra Indígena e o(s) polígono(s) de Unidade(s) de Conservação.

Unidade de Conservação Área sobreposta à TI (ha) Porcentagem
Parque Nacional Pico da Neblina 49.113,65 ha 15,46%

Não há informações no mapa sobre UCs sobrepostas às TIs que não se enquadram no SNUC (Sistema Nacional de Unidade de Conservação).

Notícias

Total de 62 notícias sobre a Terra Indígena Médio Rio Negro II na base de dados RSS

Ver todas as notícias desta área protegida

 

As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.